Governo de Minas prorroga onda roxa até 11 de abril Decisão do Governo de Minas foi anunciada nesta quarta-feira (31/3) pelo Comitê Extraordinário Covid-19 e começa a valer a
31/03/2021 14:19 em BH E GRANDE BH

O governo de Minas Gerais prorrogou a onda roxa até 11 de abril em 13 das 14 macrorregiões de saúde. Somente a macrorregião do Triângulo do Norte poderá avançar para a onda vermelha, após 30 dias na onda roxa do Minas Consciente, programa do governo Estadual para controle da pandemia de Covid-19. 

A região, que foi a primeira a ser inserida na fase mais restritiva do plano, apresentou melhora em todos os indicadores relacionados à Covid-19.

A decisão foi anunciada nesta quarta-feira (31/3). De acordo com nota enviada pelo governo de Minas Gerais, as demais localidades ainda não apresentaram queda sustentada na taxa de óbitos e de ocupação em leitos de UTI e, por isso, deverão seguir as medidas mais restritivas pelo menos até 11 de abril. As medidas serão reavaliadas a cada sete dias pelo Comitê.

Durante a reunião, o governador Romeu Zema destacou que o momento ainda é difícil e pede cautela para preservar vidas.

A macrorregião é composta por 27 municípios, incluindo Uberlândia, Cachoeira Dourada, Araguari, Canápolis, Coromandel, Ituiutaba, Monte Carmelo, Patrocínio, entre outros. 

De acordo com as informações do governo de Minas, na última semana, o Estado apresentou aumento de 6,9% no número de casos de Covid-19 e de 8,1% nos óbitos.

A incidência da doença cresceu 20% nos últimos 7 dias e 41% em 14 dias. A positividade atualmente é de 43%, o que significa que esse é o percentual de resultados positivos para Covid-19 entre pacientes com sintomas gripais.

A incidência da doença também vem aumentando em cidades com menos de 30 mil habitantes. Atualmente, são apenas 93 municípios desse porte com menos de 50 casos a cada 100 mil habitantes nos últimos 14 dias. Na última semana, o número era de 141.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!